Anatel e Receita Federal apreendem 243,7 mil equipamentos irregulares de telecom | TechBreak - Tudo sobre Tecnologia

Anatel e Receita Federal apreendem 243,7 mil equipamentos irregulares de telecom

Anatel e Receita Federal apreendem 243,7 mil equipamentos irregulares de telecom
Anatel e Receita Federal apreendem 243,7 mil equipamentos irregulares de telecom
Anatel e Receita Federal apreendem 243,7 mil equipamentos irregulares de telecom

De julho a setembro de 2020, foram apreendidos 243,7 mil equipamentos irregulares de telecomunicações no Brasil. A lista inclui baterias, carregadores, TV boxes, smartwatches, conversores digitais com wi-fi e outros. O número de apreensões, na percepção dos especialistas da Anatel, é resultado de fiscalizações conjuntas com a Receita Federal.

+Empresa japonesa quer criar primeiro porto espacial
+Nokia é escolhida pela Nasa para construir rede 4G na Lua
+Samsung lança no Brasil a “The Sero”, TV que fica na vertical

Segundo o superintendente de Fiscalização da Anatel, Igor Moreira, “o investimento na sinergia entre os órgãos de fiscalização, o que inclui a capacitação sobre as normas setoriais, tem propiciado um crescimento acelerado dos números observados. Somente nos três últimos meses, o número de produtos irregulares identificados nas aduanas já superou o número alcançado em todo o ano de 2019. Além da Receita Federal, Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal também têm nos procurado com frequência para avaliarmos cargas desse tipo de produto.”

Para coibir ainda mais a importação irregular de produtos de telecomunicações, a Anatel tem capacitado agentes aduaneiros e auxiliado na avaliação de cargas nos centros de triagem e importação. Além disso, a Agência já recebeu parecer positivo, do Ministério da Economia, para sua inclusão no rol de órgãos anuentes do Sistema Integrado de Comércio Exterior (Siscomex).

Equipamentos para telecomunicações precisam estar de acordo com a regulamentação da Anatel para serem comercializados e utilizados no Brasil. As regras da Agência exigem que os equipamentos de telecomunicações atendam padrões de segurança e a qualidade para o uso.




  • arrow