YouTube proíbe conteúdo de grupos como QAnon | TechBreak - Tudo sobre Tecnologia

YouTube proíbe conteúdo de grupos como QAnon

O YouTube anunciou na última quinta-feira (15) que atualizou as suas políticas de conteúdo para remover materiais relacionados a teorias usados para “justificar a violência no mundo real”.

+Holanda vai desativar frota de C-130 Hercules
+Saiba como utilizar os grupos de Facebook com o especialista Cassio Pastrana
+Especialista em marketing on-line, Alois Köhle se tornou um nome de sucesso no mercado internacional

“Esse avanço dá continuidade ao trabalho que fazemos há anos para reforçar e aprimorar nossa política e o cumprimento das regras – trabalho organizado em torno de quatro pilares centrais: remover conteúdo que desrespeite as regras, reduzir a disseminação de informações enganosas e prejudiciais, dar destaque a vozes respeitadas e favorecer criadores confiáveis”, destaca um comunicado divulgado pela plataforma de vídeos.

De acordo com o YouTube, nos últimos dois anos a empresa vem adotando medidas para limitar o alcance de materiais considerados como “desinformação prejudicial”, o que levou a uma queda de mais de 80% nas visualizações de assuntos relacionados à teoria “QAnon” vindas de recomendações para pessoas não inscritas. Além disso, a rede removeu do ar dezenas de milhares de vídeos “Q” e encerrou centenas de canais por descumprimento das políticas.




  • arrow