Xiaomi lança luminária que pretende combater Coronavírus | TechBreak - Tudo sobre Tecnologia

Xiaomi lança luminária que pretende combater Coronavírus

Xiaomi lança luminária que pretende combater Coronavírus



Xiaomi  lança luminária que pretende combater Coronavírus
Xiaomi lança luminária que pretende combater Coronavírus

A Xiaomi anunciou uma nova luminária esterilizadora para ajudar na luta contra o Coronavírus. Ainda em fase de crowdfunding, o produto promete esterilizar o ambiente com raios ultravioleta.

+ Samsung Galaxy Z Flip vaza em vídeo
+ Honda CB 650R e CBR 650R 2020 estão disponíveis em pré-venda
+ Novo Hyundai HB20 começa a ser exportado

Com um design simples e focada em portabilidade, a lâmpada da Xiaomi é uma tentativa da fabricante chinês de lutar contra a crise do Novo Coronavírus. O dispositivo está disponível em duas cores e é do tamanho aproximado de uma lata de refrigerante. O design da lâmpada lembra armadilhas para mosquitos utilizados em acampamentos — mas o alvo da lâmpada é significativamente menor.

O grande segredo das lâmpadas da Xiaomi é a emissão de radiação ultravioleta
O grande segredo das lâmpadas da Xiaomi é a emissão de radiação ultravioleta

O grande segredo das lâmpadas da Xiaomi é a emissão de radiação ultravioleta, já utilizada pela medicina para esterilizar ambientes fechados. Segudo o favricante, a lâmpada da Xiaomi é capaz de eliminar 99,9% das 5 bactérias mais comuns do ambiente. Ela também elimina vírus que possam estar presos em roupas em um armário ou em outras superfícies de um cômodo.

Outras formas de uso incluem desinfectar banheiros, remover mau cheiro de armários, geladeiras e mais.

Por questões de segurança, o dispositivo entra em ação apenas 30 segundos após o acionamento, já que o local precisa ser evacuado antes da esterilização — que dura até 30 minutos. Acompanha uma bateria de 700 mAh de íon de Lítio e recarga por USB que garante até dois usos por carga completa.

Quatro dias de financiamento coletivo resultaram em US$ 700 mil arrecadados, vindos de 84 mil consumidores ansiosos pelo novo produto. A luminária deve começar a ser entregue a partir do dia 20 de fevereiro. Cada unidade custa 79 yuan (US$ 11,25) e não há previsão para chegada em mercados fora da China.

  • arrow