Veja a curiosa história do estagiário da Nasa que fez sexo "sobre a Lua" | TechBreak - Tudo sobre Tecnologia

Veja a curiosa história do estagiário da Nasa que fez sexo “sobre a Lua”

Nasa quer levar primeira mulher para a Lua em 2024
Nasa quer levar primeira mulher para a Lua em 2024
Veja a curiosa história do estagiário da Nasa que fez sexo “sobre a Lua”

Até onde nós sabemos, nenhum ser humano fez sexo na Lua desde a primeira vez que estivemos no satélite natural, em 1969. Mas um casal na Terra chegou bem perto disso, graças a uma história maluca envolvendo um estagiário da Nasa.

+ Pix terá Mecanismo Especial de Devolução
+ Google traz para o Brasil app que ensina programação de maneira gratuita
+ Misteriosas figuras em cidade fantasma intrigam a internet; entenda
+ Político americano deixa escapar senha do Gmail em post no Twitter

A história é contada pelo site IFL Science. Em 2000, Thad Roberts era considerado um garoto prodígio da Universidade de Utah, nos Estados Unidos, com formação em física, geologia e geofísica e o sonho de se tornar um astronauta. Mas foi só ele entrar para a agência espacial americana que ele começou a se envolver em problemas, como invadir de propósito um simulador de ônibus espacial.

A brincadeira que acabou transformando Roberts em um criminoso aconteceu em 2001,  quando ele percebeu a facilidade para ter acesso a rochas lunares. O estagiário acabou recrutando mais dois colegas e, juntos, o trio roubou o cofre onde o material estava estocado e deixou o escritório sem ser incomodado.

O objetivo era anunciar e vender o material pela internet. Mas antes de conseguir vender as rochas, Roberts decidiu que deveria fazer sexo com a esposa sobre o material, forrando as pedras com um cobertor para tornar a experiência um pouco mais confortável.

Um colecionador viu o anúncio na internet, mas desconfiou de que se tratava de um golpe e resolveu procurar o FBI, que por sua vez entrou no caso, com agentes se passando por interessados para recuperar as pedras e prender os ladrões.

Roberts acabou preso e condenado a oito anos de prisão, assim como seus cumplices, que também amargaram um tempo na cadeia. Já as pedras não puderam ser aproveitadas por conta da contaminação do material. Mas o pior era que três décadas de anotações científicas estavam armazenados no cofre e foram destruídas pelos estagiário/criminosos.

Veja também:

+ Descubra as maiores tendências de cozinha que estão bombando em 2021

+ Cozinha afetiva: dicas e inspirações para uma decoração que exalta as memórias

+ A “Moto do Ano 2021” na Alemanha

+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok

+ Conheça o iate de luxo de Giorgio Armani: ele mesmo projetou e custa R$ 330 milhões

+ Cozinhas coloridas: veja dicas essenciais para apostar em projetos alegres, modernos e joviais

+ Previsões de Nostradamus para 2021: Asteróide e ‘fim de todo o mundo’

+ Bruna Lombardi posta foto nua aos 68 anos

+ Bruna Marquezine posa de biquíni no Copacabana Palace. Confira as fotos!

+ Os 3 signos mais sensitivos do zodíaco

+ Os ‘Sapatos de Satanás’ do rapper Lil Nas X conterão uma gota de sangue humano

+ O bico do seu p… é rosa? Juliana Caetano, responde a fã de maneira ousada






  • arrow