Teste: Sony WH-CH700N é fone com bateria de fôlego e cancelamento de ruído | TechBreak - Tudo sobre Tecnologia

Teste: Sony WH-CH700N é fone com bateria de fôlego e cancelamento de ruído

A Sony lançou em junho sua nova linha de headphones no Brasil, e o WH-CH700N (R$ 799) é um modelo intermediário bem interessante. Para começar, ele vem com o recurso de cancelamento de ruído (noise cancelling), que ajuda a eliminar ruídos como barulho de trânsito e metrô. O noise cancelling permite ainda ouvir músicas mais nitidamente sem ter que aumentar muito o volume, o que no longo prazo é saudável para os ouvidos. No caso do WH-CH700N, o noise-cancelling fica um pouco abaixo do nível encontrado em fones de ponta, que no Brasil passam de R$ 1,5 mil. Mas é boa o suficiente para isolar com eficiência os ruídos mais comuns.

De modo geral, a qualidade de áudio é muito boa, com excelentes graves, menos intensos do que os graves exagerados encontrados na maioria dos fones intermediários e básicos.  O WH-CH700N é um fone do tipo supra-auricular (ou “over the ear”, em inglês), ou seja, as almofadas do fone ficam por fora da orelha, isolando melhor o áudio. A haste tem revestimento interno bem firme e faz o famoso “clique” quando os fones são puxados, o que facilita deixar os dois lados com o mesmo comprimento. É um acabamento sem dúvida resistente e confortável. Almofadas laterais e proteção para a cabeça têm revestimento de couro sintético.

Do lado direito do fone ficam botões de volume e ir/voltar/pausa das faixas. Do lado esquerdo ficam o botão liga/desliga, o botão que ativa o cancelamento de ruído (e que também pode ser usado para ativar o Google Assistente), a entrada para carregar a bateria (padrão micro-USB, o que é um ponto fraco) e uma entrada padrão para um cabo de fone de ouvido. Esta última é importante porque permite que o fone seja usado também com fio, caso a bateria acabe. Assim, você não fica na mão se a bateria acabar naquela viagem de metrô, ônibus ou avião. Um cabo padrão de fone vem na embalagem do WH-CH700N.

Uma preocupação de quem compra um fone Bluetooth pela primeira vez é a duração da bateria, mas esse é um problema maior em fones muito pequenos, como AirPods. Fones maiores têm mais espaço para bateria e no caso do WH-C700N ela dura tranquilamente umas 30 horas, pelo menos. Ainda sobre a bateria, uma forma de saber quanto resta é usar o app Headphones Connect, da própria Sony. Ele informa o status da bateria e permite ajustar o equalizador de áudio, entre outras configurações.

No geral, dá para afirmar que o WH-CH700N é uma excelente compra para quem gosta de fones de ouvido maiores e com noise cancelling. Para reclamar, apenas dois pontos. O primeiro é a conexão no antigo padrão micro-USB para carregamento, o que faz com que o carregamento da bateria demore mais. Como comentado, a bateria dura muuuuito, mas também leva algumas horas para carregar até o máximo. O segundo ponto fica na falta de um estojo, um adicional que aparece em alguns concorrentes e é relevante para um fone um pouco mais caro.

André Cardozo é jornalista e cobre tecnologia há mais de 15 anos. Edita o Norte, newsletter diária sobre tecnologia.

Veja também

+ Rolex de ouro bate recorde e é vendido por R$ 8 milhões

+ Samsung lança TV 8K de 292 polegadas, a maior TV do mundo

+ Cientistas localizam o centro do Sistema Solar — e advinhem, não é o Sol

+ Carol Nakamura compartilha projeto de sua mansão de R$ 2 milhões; veja

+ Maria Zilda relembra quando soube que Ary Fontoura era gay

+ Uma Harley-Davidson com 360 diamantes e peças banhados a ouro, a moto mais cara do mundo

+ Veja momento em que bola de fogo explode no céu de Tóquio

+ Dicas fáceis de como limpar panela queimada

+ Saiba mais sobre a vacina BCG, uma das mais importantes da infância

+ 4 passos fáceis para limpar o espelho com produto caseiro

+ Veja cinco coisas que provocam mau cheiro em cães e saiba como combatê-las

+ Fazer o bem alivia dores físicas e mentais, aponta estudo


  • arrow