Sonda Perseverance vai tentar gerar oxigênio em Marte | TechBreak - Tudo sobre Tecnologia

Sonda Perseverance vai tentar gerar oxigênio em Marte

Ambiente ácido pode ter destruído evidências de vida em Marte
Ambiente ácido pode ter destruído evidências de vida em Marte
Sonda Perseverance vai tentar gerar oxigênio em Marte

A sonda Perseverance, que está prevista para pousar na superfície de Marte em fevereiro de 2021, leva na bagagem um equipamento que, se funcionar corretamente, irá facilitar no futuro as viagens de astronautas para o retorno à Terra. Trata-se de um gerador capaz de converter o ar da atmosfera marciana em oxigênio.

+Black Friday: veja as dicas para não ser enganado
+Modelo e influenciador João Castanheira faz sucesso no universo digital
+Anatel prevê leilão do 5G no final do primeiro semestre de 2021

Atualmente, para uma viagem à Marte, seria necessário levar a carga de oxigênio da Terra, incluindo o volume de gás necessário para o acionamento dos foguetes no jornada de retorno.

Com o nome de Moxie, o aparelho tem o tamanho de uma torradeira doméstica e foi projetado para sugar o ar marciano — que é composto por 95% de dióxido de carbono (CO2) — e usar um processo eletroquímico para separar dois átomos de oxigênio de cada molécula de dióxido de carbono. Feito isso, o Moxie vai analisar quanto oxigênio foi produzido e o seu grau de pureza, antes que os gases resultantes sejam devolvidos novamente para a atmosfera.

Em testes realizados na Terra, Moxie foi capaz de produzir de seis a dez gramas de oxigênio por hora. Volume 200 vezes menor do que o necessário para que um foguete pudesse decolar da superfície de Marte. Os cientistas esperam acionar o equipamento dez vezes ao longo de dois anos, permitindo avaliar a sua eficiência ao longo do tempo. Os resultados vão permitir o desenvolvimento de futuros geradores de oxigênio.




  • arrow