Quais são os passaportes mais caros vendidos na Dark Web | TechBreak - Tudo sobre Tecnologia

Quais são os passaportes mais caros vendidos na Dark Web

Quais são os passaportes mais caros vendidos na Dark Web
Quais são os passaportes mais caros vendidos na Dark Web
Quais são os passaportes mais caros vendidos na Dark Web

A empresa de segurança digital Nord VPN realizou um levantamento dos documentos e informações pessoais mais vendidos na Dark Web. No ranking apresentado pela empresa, os passaportes aparecem como os itens mais caros.

+ Cibercriminosos trocam dark web pelo Telegram
+ Canadá irá julgar crimes cometidos na Lua
+ Japão endurece punição contra ofensas na internet

De acordo com a empresa, cópias de passaporte são comercializadas na Dark Web por um valor médio de US$ 600 (R$ 3 mil). Os passaportes mais caros são aqueles da República Checa, Lituânia e Eslováquia, que são comercializados em média por US$ 3.800 (R$ 19 mil).

O documento dos Estados Unidos é comercializado por US$ 20,77 (R$ 105). Já o mais barato é o documento argentino, vendido por US$ 8,95 (R$ 45), junto de documentos como o da Malásia (US$ 9,30, ou R$ 47), Espanha e Canadá (US$ 9,47, R$ 48).

De acordo com a Nord VPN, nem todos os países aparecem no ranking, já que os pesquisadores só compilaram os países que foram indicados pelo vendedor. A empresa lembra ainda a importância de não explorar dados da Dark Web por conta própria, já que a chance de encontrar links mal-intencionados e conexões para atividades ilegais é muito grande.




  • arrow