Phloeodes diabólica o besouro indestrutível | TechBreak - Tudo sobre Tecnologia

Phloeodes diabólica o besouro indestrutível

Phloeodes diabólica o besouro indestrutível. Foto: Reprodução/Facebook
Phloeodes diabólica o besouro indestrutível. Foto: Reprodução/Facebook
Phloeodes diabólica o besouro indestrutível. Foto: Reprodução/Facebook

O Phloeodes diabólica é um besouro que pode sobreviver ao ser atropelado por um carro, pode suportar bicadas de pássaros e pisadas de animais. Agora, os cientistas descobriram um mecanismo parecido com um quebra-cabeça em seus exoesqueletos que ajuda a pequena criatura a tolerar forças de até 39.000 vezes o seu próprio peso corporal. 

Esta criatura com cerca de 2 cm de comprimento, também conhecida como besouro de ferro, é encontrada principalmente em florestas de madeira da costa oeste dos Estados Unidos. As coberturas das asas são endurecidas e fundidas, assim como algumas outras espécies de besouro que não voam. Ele tem uma armadura preta nodosa que protege esta espécie de ser esmagada.

+ Torsus Praetorian lança ônibus escolar 4×4 para transportes extremos
+ Microsoft Edge recebe nova funcionalidade para aumentar velocidade de carregamento
+ Vídeo do TikTok com mulher sendo empurrada de ônibus viraliza; veja

Recentemente, os cientistas explicaram como essa armadura é resistente. O diabólico besouro de ferro pode suportar forças muito maiores do que outros membros da mesma família . Eles também revelaram o que o ajudou a sobreviver a cargas 39.000 vezes maiores que seu peso corporal.


Usando técnicas avançadas de imagem, os pesquisadores viram que o besouro tem uma série de juntas em forma de quebra-cabeça entrelaçadas em seu élitro e descobriram que a forma dessas lâminas e sua microestrutura laminada agiam para fortalecer o exoesqueleto.

Eles concluíram que a estrutura forte, porém flexível, permite que os besouros se escondam sob as rochas ou se contorçam em espaços apertados na casca das árvores para se abrigar, suportando um peso extra sem danificar seus órgãos internos.  

Os pesquisadores então usaram impressão 3D e simulações para investigar se essa estrutura geométrica poderia ser usada como um prendedor mecânico para unir diferentes materiais – como plásticos e metal – semelhante ao exigido em turbinas na indústria aeroespacial. 

O estudo descobriu que esses designs diabólicos inspirados em besouros blindados forneceram resistência aprimorada e tenacidade significativamente aumentada em comparação com uma junta de engenharia comumente usada.

Em parceria com o site Saiba de Tudo

Veja também:

+ Aos 68 anos, Bruna Lombardi posta foto de biquíni ‘contra sua vontade’
+ Marcella Rica e Vitória Strada vão se casar
+ Vídeos íntimos de Raissa Barbosa vazam em sites de conteúdo adulto
+ Carla Perez fala sobre vida nos EUA: “Aqui é vida normal”
+ Ellen Rocche posta foto de ensaio nu na ‘Playboy’ e ganha elogios dos fãs
+ O bico do seu p… é rosa? Juliana Caetano, responde a fã de maneira ousada
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ 10 coisas que os pais fazem em público que envergonham os filhos
+ Veja o significado dos 10 sonhos mais comuns
+ Denise Dias faz seguro do bumbum: “Meu patrimônio”
+ Líder de seita sexual apocalíptica é condenado a 1.075 anos de prisão
+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok
+ ‘Borboletas no estômago’ indicam algo além de estar apaixonado
+ 10 sinais de que seu parceiro não te ama (como você gosta dele)


  • arrow