No Twitter, aparecem fotos do navio que transportou nitrato de amônio para Beirute | TechBreak - Tudo sobre Tecnologia

No Twitter, aparecem fotos do navio que transportou nitrato de amônio para Beirute

Reveladas fotos do navio que transportou nitrato de amônio para Beirute. Foto: Twitter

Reveladas fotos do navio que transportou nitrato de amônio para Beirute. Foto: Twitter
Reveladas fotos do navio que transportou nitrato de amônio para Beirute. Foto: Twitter

O MV Rhosus foi forçado a fazer uma parada em Beirute em 2013, ficou retido e afundou em 2018, após a carga explosiva ter sido transportada para o armazém do porto da cidade. No twitter, começam a aparecer fotos do navio afundado e de sua carga.
Foto do Navio afundado
Foto do Navio afundado. Foto: Twitter

+ Golpistas tentam roubar dados bancários com ofertas de Dia dos Pais no Facebook e WhatsApp
+ Resultado do quinto e último sorteio da Tele Sena de Pais
+ Mudaram as regras para compra de carro para PCD; veja como ficou
+ Boeing 737-800 com 191 pessoas a bordo se despedaça durante pouso
+ Ex-miss é selecionada para medicina em vaga de deficiente alegando miopia

Segundo o jornal The New York Times, o navio MV Rhosus, que carregava nitrato de amônio, esteve durante muito tempo atracado no porto de Beirute, perto de onde ocorreu a explosão na terça-feira (4).


Segundo o relato, em setembro de 2013 o navio partiu de Batumi, Geórgia, carregando 2.750 toneladas de nitrato de amônio, com destino a Moçambique, mas o então capitão do navio, Boris Prokoshev, obteve ordens de receber mais carga em Beirute de forma a vendê-la, para poder pagar a travessia do canal de Suez.


O MV Rhosus foi inspecionado na doca da capital libanesa, de onde foi impedido de zarpar, com a tripulação proibida de sair do navio. Só quase um ano mais tarde, em agosto de 2014, os marinheiros foram liberados.

Fotos desse mesmo per~iodo revelam que tinha a bordo sacos de nitrato de amônio, que correspondem às fotos posteriores da mesma substância guardada no armazém, para onde a carga teria sido transportada, perto do local onde o navio ficou atracado.

O próprio navio, segundo relatou Prokoshev, afundou entre 2015 ou 2016, mas, de acordo com a investigação do diário, após a descarga, o MV Rhosus foi deslocado para outro lado do cais, a 300 metros do armazém.

Em 2018, o navio começou a afundar de novo e, pouco tempo depois, ficou totalmente submerso.

Veja também:

+ Gil do Vigor faz desabafo de como é ser tratados nos aeroportos dos EUA

+ Carla Perez posa de vestido rosa durante viagem nas Maldivas: ‘perfeita’

+ Descubra as maiores tendências de cozinha que estão bombando em 2021

+ Cozinha afetiva: dicas e inspirações para uma decoração que exalta as memórias

+ A “Moto do Ano 2021” na Alemanha

+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok

+ Conheça o iate de luxo de Giorgio Armani: ele mesmo projetou e custa R$ 330 milhões

+ Cozinhas coloridas: veja dicas essenciais para apostar em projetos alegres, modernos e joviais

+ Previsões de Nostradamus para 2021: Asteróide e ‘fim de todo o mundo’

+ Bruna Lombardi posta foto nua aos 68 anos

+ Bruna Marquezine posa de biquíni no Copacabana Palace. Confira as fotos!

+ Os 3 signos mais sensitivos do zodíaco

+ Os ‘Sapatos de Satanás’ do rapper Lil Nas X conterão uma gota de sangue humano

+ O bico do seu p… é rosa? Juliana Caetano, responde a fã de maneira ousada






  • arrow