Nanossatélite produzido no ITA completa dois anos em órbita da Terra | TechBreak - Tudo sobre Tecnologia

Nanossatélite produzido no ITA completa dois anos em órbita da Terra

Nanossatélite produzido no ITA completa dois anos em órbita da Terra
Nanossatélite produzido no ITA completa dois anos em órbita da Terra
Nanossatélite produzido no ITA completa dois anos em órbita da Terra

Lançado ao espaço a bordo do foguete Falcon 9, da Space X, em 3 de dezembro de 2018, o nanossatélite ITASAT, produzido pelo Centro Espacial do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), com suporte da Agência Espacial Brasileira (AEB) e do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), completou dois anos de operação contínua.

+Covid-19: SP começa vacinação em 25 de janeiro com idosos e profissionais da saúde
+Consumidores rejeitam atendimento de robôs em SAC, aponta pesquisa
+Tombo de Deise Gouveia viraliza e fama vira vaquinha virtual para ajudar moradora

Com o satélite funcionando, o ITA o manteve, por cerca de um mês, no modo de segurança para avaliar os dados sobre a saúde do satélite. Em janeiro de 2019, o ITA iniciou o comissionamento das cargas úteis (colocação das cargas úteis em operação), operação que se estendeu até março de 2019. Após então, o ITASAT manteve o seu padrão de operação.

Em 3 de dezembro de 2019, o satélite atingiu um ano de operação, portanto, concluindo a sua missão, pois sua vida útil foi projetada para a duração de um ano. Na quinta-feira, 3 de dezembro de 2020, o satélite completa dois anos de operação contínua, atingindo o dobro de sua vida útil prevista em projeto.

Em comemoração ao fato, telemetrias do ITASAT foram capturadas por radioamadores dentro do território brasileiro. Em conjunto com as estações de solo do INPE em Natal (RN) e Santa Maria (RS), puderam atestar que o satélite continua em operação. Foram recebidos dados do ITASAT no Brasil, Argentina, Japão e Taiwan.

O Reitor do ITA, Professor Dr. Anderson Ribeiro Correia, comentou a conquista. “O ITASAT é o principal nanossatélite desenvolvido no ITA, com fins educacionais para auxiliar na formação de especialistas na área aeroespacial, abriu portas para novos projetos e parcerias com renomadas instituições nacionais e internacionais. É um grande sucesso”, destacou.

Veja também:

+ Descubra as maiores tendências de cozinha que estão bombando em 2021

+ Cozinha afetiva: dicas e inspirações para uma decoração que exalta as memórias

+ A “Moto do Ano 2021” na Alemanha

+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok

+ Conheça o iate de luxo de Giorgio Armani: ele mesmo projetou e custa R$ 330 milhões

+ Cozinhas coloridas: veja dicas essenciais para apostar em projetos alegres, modernos e joviais

+ Previsões de Nostradamus para 2021: Asteróide e ‘fim de todo o mundo’

+ Bruna Lombardi posta foto nua aos 68 anos

+ Bruna Marquezine posa de biquíni no Copacabana Palace. Confira as fotos!

+ Os 3 signos mais sensitivos do zodíaco

+ Os ‘Sapatos de Satanás’ do rapper Lil Nas X conterão uma gota de sangue humano

+ O bico do seu p… é rosa? Juliana Caetano, responde a fã de maneira ousada






  • arrow