Lohner-Porsche Mixte era um carro híbrido de produção já em 1901 | TechBreak - Tudo sobre Tecnologia

Lohner-Porsche Mixte era um carro híbrido de produção já em 1901

Lohner-Porsche Mixte
Lohner-Porsche Mixte
Lohner-Porsche Mixte

Os carros elétricos e híbrido podem parecer uma invenção do século 21. Mas eles são quase tão antigos quanto o próprio automóvel. Que o diga o austríaco Lohner-Porsche Mixte, de 1901, que é conhecido como o primeiro veículo híbrido de de produção do mundo.

+ VW e Unicamp se unem para pesquisar carros elétricos e híbridos a etanol
+ Conheça o Storm, um blindado híbrido de 8000 kg que atinge 140km/h e ainda pode andar na água
+ Empresa brasileira quer produzir moto com nióbio na bateria e recarga em 10 minutos

Surgido a partir do protótipo Semper Vivus, mostrado no ano anterior, o Lohner-Porsche Mixte foi projetado por Ferdinand Porsche (que anos depois ficaria famoso como o pai do Fusca).

Usava dois motores elétricos de 14 cv (um para cada roda dianteira) ligados a um propulsor 5.5 de quatro cilindros a gasolina, cuja função era apenas a de mover o gerador responsável por fornecer eletricidade aos motores.

Semper Vivus
Semper Vivus

O arranjo foi pensado para evitar o uso das pesadas baterias de chumbo-ácido dos primeiros carros elétricos (surgidos ainda no século 19). Inclusive o Mixte contava com freios regenerativos, outra tecnologia comum nos automóveis eletrificados dos dias atuais.

Capaz de atingir 80 km/h (uma velocidade alta para a época), o acabou sendo utilizado em competições, tendo inclusive vencido uma prova de subida de montanha pilotado pelo próprio Ferdinand Porsche.

Ironicamente, os primeiros carros elétricos e híbridos do mundo foram criados para evitar o incômodo da fumaça gerada pelos pioneiros equipados com motor a combustão.

Mas acabaram não tendo o sucesso por conta do alto peso das baterias e da falta de uma infraestrutura de recarga. A viabilidade desses eletrificados só foi ganhar impulso 100 anos depois.




  • arrow