iFood é multado em R$ 1,5 milhão por exibir mensagens políticas em nomes de restaurante | TechBreak - Tudo sobre Tecnologia

iFood é multado em R$ 1,5 milhão por exibir mensagens políticas em nomes de restaurante

Hackers estão usando coronavírus para invadir computadores
Hackers estão usando coronavírus para invadir computadores
iFood é multado em R$ 1,5 milhão por exibir mensagens políticas em nomes de restaurante

O Procon Carioca anunciou na última quarta-feira (8) que multou o iFood em R$ 1.508.240 por conta de um problema ocorrido no dia 2 de novembro, quando os nomes de alguns estabelecimentos cadastrados na plataforma foram alterados, passando a constar mensagens políticas.

+ O Mar da Tranquilidade: Netflix divulga trailer de suspense espacial
+ Veja quais foram os 5 idiomas mais estudados no Brasil em 2021
+ Epic Games Store: veja os jogos grátis da semana

Na ocasião, o iFood se manifestou informando que as alterações foram feitas por uma empresa prestadora de serviço, mas que não houve vazamento de dados, muito menos de meios de pagamentos (dados de cartões de créditos e débitos) dos clientes consumidores.

Após o problema, o Procon Carioca – órgão ligado à Prefeitura do Rio de Janeiro – realizou uma fiscalização junto à plataforma e constatou que o iFood informa claramente no campo Declaração de Privacidade, que compartilha dados com empresas terceirizadas, incluindo dados de pagamentos dos consumidores.

Foram requeridos esclarecimentos, como quais estabelecimentos foram afetados por esse acesso indevido, por quanto tempo os nomes dos estabelecimentos ficaram alterados, qual foi o prazo para correção do sistema, quantas compras foram realizadas durante o acesso indevido e qual a identificação da empresa prestadora de serviços que deu causa ao acontecimento e quais são suas atribuições na gestão da plataforma.

Mas segundo o órgão, o aplicativo não apresentou as informações.




  • arrow