Força Aérea interrompe entregas de aviões tanque após encontrar aviões cheios de lixo | TechBreak - Tudo sobre Tecnologia

Força Aérea interrompe entregas de aviões tanque após encontrar aviões cheios de lixo



Os novos aviões tanque KC-46A recém-entregues foram recebidos com “ferramentas soltas” e “pedaços de detritos” que ficaram do processo de fabricação. Em resposta, a Força Aérea dos EUA suspendeu as entregas do novo avião tanque Pegasus KC-46A até que a situação fosse resolvida. A Força Aérea aceitou o primeiro dos muito esperados petroleiros no mês passado, em janeiro de 2019.

Leia mais:
+ Instagram Stories: 5 dicas “secretas” pra gravar seus vídeos
+ Caças F-35 são testados em condições extremas no Alasca
Força Aérea dos EUA pode ter armas a laser até 2021
Força Aérea dos EUA pode ter armas a laser até 2021

O jornal Seattle Times informou na semana passada que a Força Aérea havia descoberto ferramentas indesejadas, fragmentos de detritos e outros tipos de lixo em vários locais dos avoões KC-46A . De acordo com o Times , os pilotos de treinamento da Força Aérea se recusaram a pilotar a aeronave, citando preocupações com a segurança. “Isso é um grande problema”, disse um memorando da Boeing.

A presença de ferramentas e detritos na aeronave é um grave risco à segurança. Objetos podem rolar em vôo, causando curto-circuito em equipamentos elétricos e danificando outros equipamentos. Ferramentas foram encontradas em duas aeronaves entregues à USAF e em outras oito na Boeing. O jornal de Seattle diz que o problema não é culpa apenas dos mecânicos que trabalham no avião, mas também inspetores de controle de qualidade que monitoram o trabalho e garantem que nada seja autorizado dentro de uma seção da aeronave antes de ser fechada. O Times observa que a Boeing está se preparando para cortar até 1.000 cargos de inspetores de controle de qualidade.

O KC-46A é um jato comercial Boeing 767 modificado. O KC-46A pode transportar até 212.299 libras de combustível e reabastecer aeronaves da Força Aérea dos EUA que usam o sistema de reabastecimento de sonda e também a Marinha dos EUA, Corpo de Fuzileiros Navais e aeronaves aliadas que usam o sistema drogue. Como alternativa, pode transportar até 65.000 libras de carga ou atuar no papel de aeroevacuação, transportando militares gravemente feridos sob a supervisão de enfermeiros e técnicos. O giverno americanos vai comprar pelo menos 179 aeronaves.

  • arrow