Foguete chinês falhou e está voltando à Terra como o maior lixo espacial desde 1991 | TechBreak - Tudo sobre Tecnologia

Foguete chinês falhou e está voltando à Terra como o maior lixo espacial desde 1991

Foguete chinês falhou e está voltando à Terra como o maior lixo espacial desde 1991. Foto: Facebook/People's Daily, China
Foguete chinês falhou e está voltando à Terra como o maior lixo espacial desde 1991. Foto: Facebook/People's Daily, China
Foguete chinês falhou e está voltando à Terra como o maior lixo espacial desde 1991. Foto: Facebook/People’s Daily, China

Depois de orbitar a Terra por uma semana, o foguete chinês Long March 5B, começou a falhar e deve voltar à Terra em questão de horas e será um dos maiores lixos espaciais a cair de volta à superfície da Terra.

+ Apple Watch será capaz de identificar ataques de pânico
+ Cliente compra smartphone e recebe US$ 5.000 em celulares por engano
+ Qatar Airways oferecerá voos gratuitos a 100.000 profissionais de saúde
+ Zontes 310-T2: uma pequena trail chinesa “de luxo” que pode te surpreender

Lixo espacial enorme
De acordo com a Forbes , o foguete chinês Long March 5B foi lançado em 5 de maio, carregando um protótipo de uma cápsula tripulada semelhante ao Crew Dragon da SpaceX para orbitar a Terra.

No entanto, apenas alguns dias após o lançamento, o estágio central do foguete está agora em rota de colisão com a atmosfera superior e queimará algumas de suas partes, deixando para trás lixo espacial que cairá na Terra e afetará o planeta.

A projeção mais recente é que um foguete de 17.800 quilos entrará na atmosfera a qualquer momento e queimará no seu caminho, com a maioria de seu corpo maciço queimando ao entrar na atmosfera da Terra.

Tudo o que não queimar irá cair na superfície da Terra.

Vários grupos estão rastreando o foguete a partir de agora, incluindo os militares dos EUA e o grupo privado Aerospace Corporation.

Em 2018, outra espaçonave chinesa, a estação espacial chinesa Tiangong-1, caiu de volta à Terra, supostamente caindo em algum lugar no oceano , mas o Long March 5B é muito maior que isso – cerca de um quinto da massa do Skylab, que também despencou. de volta à superfície em 1979, perto de Perth, na Austrália.

Segundo a agência de notícias, a reentrada descontrolada da sonda na atmosfera do nosso planeta poderá ser visível a olho nu.

As naves espaciais maiores geralmente são equipadas com uma direção que permite que seus fabricantes direcionem os foguetes para a atmosfera para um local mais seguro, geralmente no sul do Pacífico. Ainda assim, o Long March 5B não parece ter um ou está danificado, tornando-o incontrolável.

Se o foguete se separar, os destroços também serão espalhados em locais diferentes a mais de cem ou milhares de quilômetros de distância um do outro.

Com informações de Jonathan McDowell, astrofísico de Harvard

Veja também

+ Rolex de ouro bate recorde e é vendido por R$ 8 milhões

+ Samsung lança TV 8K de 292 polegadas, a maior TV do mundo

+ Cientistas localizam o centro do Sistema Solar — e advinhem, não é o Sol

+ Carol Nakamura compartilha projeto de sua mansão de R$ 2 milhões; veja

+ Maria Zilda relembra quando soube que Ary Fontoura era gay

+ Uma Harley-Davidson com 360 diamantes e peças banhados a ouro, a moto mais cara do mundo

+ Veja momento em que bola de fogo explode no céu de Tóquio

+ Dicas fáceis de como limpar panela queimada

+ Saiba mais sobre a vacina BCG, uma das mais importantes da infância

+ 4 passos fáceis para limpar o espelho com produto caseiro

+ Veja cinco coisas que provocam mau cheiro em cães e saiba como combatê-las

+ Fazer o bem alivia dores físicas e mentais, aponta estudo


  • arrow