Dono de Instagram hackeado deve receber indenização de R$ 3.000, entenda | TechBreak - Tudo sobre Tecnologia

Dono de Instagram hackeado deve receber indenização de R$ 3.000, entenda

Um usuário do Instagram recebeu na Justiça o direito a uma indenização de R$ 3.000 após ter o seu perfil hackeado na rede social. A decisão, de primeira instância, é da juíza Giselle Rocha Raposo, titular do 2º Juizado Especial Cível de Brasília. Cabe recurso à sentença.

+ Nasa adia caminhada de astronautas por risco de detritos espaciais
+ Aliens: Fireteam Elite chega em 14 de dezembro ao Xbox Game Pass
+ Black Friday: Procon-SP registrou 703 reclamações

O autor do processo, Fabiano dos Santos Sommerlatte, narrou que teve seu perfil na rede social Instagram hackeado e que, posteriormente, tomou conhecimento de que estão ativas duas outras contas vinculadas ao seu nome na plataforma.

Informou que tentou várias vezes excluir os perfis, mas não obteve êxito e por conta disso entrou com a ação judicial para pedir indenização por danos morais.

A empresa Facebook apresentou contestação e afirmou apenas que ambos os perfis se referem à mesma conta, ocorrendo apenas a alteração dos nomes. Confirmou também que a conta do autor apresenta indícios de comprometimento.

Em sua decisão, a magistrada julgou procedente o pedido de remoção das nas contas falsas, ao mesmo tempo que destacou que, “independentemente da existência de culpa”, os fornecedores de serviços respondem pela reparação dos danos causados aos consumidores.




  • arrow