Criminosos roubam fotos de pessoas reais para aplicar golpe da doação falsa | TechBreak - Tudo sobre Tecnologia

Criminosos roubam fotos de pessoas reais para aplicar golpe da doação falsa

Hackers estão usando coronavírus para invadir computadores
Hackers estão usando coronavírus para invadir computadores
Criminosos roubam fotos de pessoas reais para aplicar golpe da doação falsa

Uma investigação realizada pela BBC apontou que golpistas estão roubando fotos de pessoas reais e até clonando contas de redes sociais para enganar pessoas que querem fazer doações para ajudar a Ucrânia e os refugiados da guerra contra a Rússia.

+ Criminosos usam foto de assistente virtual do INSS para aplicar golpes no WhatsApp
+ Criminosos usam QR Code do Pix em novo golpe
+ Veja 5 dicas para escapar de golpes via internet

A americana Lindsey Novak-Duchaine estava levantando fundos para a Cruz Vermelha Ucraniana quando percebeu que a conta dela no Twitter havia sido clonada. A conta duplicada pedia dinheiro a seus seguidores via PayPal.

“Estão tentando descreditar alguém que está tentando fazer o seu melhor e faz com que outras pessoas tenham receio de doar… porque não confiam”, ressaltou Lindsey para a reportagem da BBC.

Já o médico mexicano Miguel Angel Minero Hibert teve a sua foto roubada e utilizada no perfil fake no LinkedIn de Aronov Maxim, supostamente um médico ucraniano pedindo doações para um hospital infantil na Ucrânia.

Além do roubo de fotos e da clonagem de perfis em redes sociais, a guerra na Ucrânia está servindo de pretexto para que golpistas criem cópias de páginas reais de arrecadação, alterando apenas o endereço para o envio das contribuições financeiras.




  • arrow