Covid-19: Vacina Covaxin apresenta eficácia de 81%, diz laboratório indiano | TechBreak - Tudo sobre Tecnologia

Covid-19: Vacina Covaxin apresenta eficácia de 81%, diz laboratório indiano

Fiocruz espera que vacinação contra covid-19 comece até março de 2021
Fiocruz espera que vacinação contra covid-19 comece até março de 2021
Fiocruz espera que vacinação contra covid-19 comece até março de 2021

A empresa indiana Bharat Biotech, sediada na cidade de Hyderabad, anunciou nesta quarta-feira (3) os resultados clínicos da fase 3 da vacina Covaxin, que demonstraram eficácia interina de 81% contra a covid-19.

+Samsung apresenta smartphones Galaxy A02 e Galaxy A32 5G no mercado brasileiro
+Embraer anuncia a venda de mais 19 aeronaves Ipanema
+Covid-19: Pesquisadores da UnB desenvolvem máscara que inativa coronavírus

Os dados foram coletados após testes em 25.800 participantes que receberam uma dose do imunizante ou placebo. Os estudos foram conduzidos em parceria com o Conselho Indiano de Pesquisa Médica (ICMR) e o Instituto Nacional de Virologia (NIV).

Além da eficácia, a Covaxin demonstrou resposta imunológica (imunogenicidade), que foi significativa também contra as variantes do novo coronavírus. No estudo, 36 dos 43 casos foram registrados em participantes que receberam o placebo, em comparação com sete casos em pessoas que receberam a vacina.

Uma nova análise provisória está planejada quando houver o registro de 87 casos, e a análise final está planejada ao se atingir 130 casos, informou a Bharat Biotech. Todos os dados das análises serão publicados em veículos especializados e submetidos a revisão por pesquisadores independentes, assegurou o laboratório.

A Covaxin é usada no combate à covid-19 por meio da aplicação de duas doses, a partir de vírus inativado. A pesquisa também recebeu o apoio apoio da Fundação Bill & Melinda Gates. A vacina é apresentada em frascos multidoses, e pode ser armazenada em temperaturas que variam de 2ºC a 8ºC, de acordo com a fabricante. O imunizante é um dos dois que foram aprovados para uso emergencial pelo governo indiano.

No Brasil, o Ministério da Saúde já tem contrato assinado para a compra de 20 milhões de doses da Covaxin. O investimento total foi de R$ 1,614 bilhão e, segundo a pasta, as primeiras 8 milhões de doses do imunizante devem começar a chegar em março.

Da Agência Brasil

Veja também:

+ Descubra as maiores tendências de cozinha que estão bombando em 2021

+ Cozinha afetiva: dicas e inspirações para uma decoração que exalta as memórias

+ A “Moto do Ano 2021” na Alemanha

+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok

+ Conheça o iate de luxo de Giorgio Armani: ele mesmo projetou e custa R$ 330 milhões

+ Cozinhas coloridas: veja dicas essenciais para apostar em projetos alegres, modernos e joviais

+ Previsões de Nostradamus para 2021: Asteróide e ‘fim de todo o mundo’

+ Bruna Lombardi posta foto nua aos 68 anos

+ Bruna Marquezine posa de biquíni no Copacabana Palace. Confira as fotos!

+ Os 3 signos mais sensitivos do zodíaco

+ Os ‘Sapatos de Satanás’ do rapper Lil Nas X conterão uma gota de sangue humano

+ O bico do seu p… é rosa? Juliana Caetano, responde a fã de maneira ousada






  • arrow