Covid-19: estudo aponta queda de 65% na chance de infecção já na 1ª dose da vacina | TechBreak - Tudo sobre Tecnologia

Covid-19: estudo aponta queda de 65% na chance de infecção já na 1ª dose da vacina

vacinacao_contra_covid-19_sao_paulo_rovsa_abr_19012101079
Vacinação de grávidas contra covid-19 pode proteger bebês
Covid-19: estudo aponta queda de 65% na chance de infecção já na 1ª dose da vacina

A probabilidade de ser infectado pelo novo coronavírus diminui em 65% após a primeira dose das vacinas da Pfizer/BioNTech ou da AstraZeneca/Oxford. É o que informa um estudo realizado pelo Office for National Statistics e pela Universidade de Oxford, ambos no Reino Unido.

+iOS 14.5 já tem data de lançamento
+Wisa Woodsat: 1º satélite do mundo feito em madeira vai para o espaço ainda este ano
+Golpistas usam versão falsa da Microsoft Store para roubar dados
+“Alien: Isolation” é um dos dois jogos gratuitos da Epic Games na semana

Segundo o estudo, divulgado em pré-publicação nesta sexta-feira (23) e que envolveu um grupo de mais de 370 mil pessoas avaliado entre os dias 1º de dezembro de 2020 e 3 de abril deste ano, as inoculações tanto com a vacina da Pfizer quanto com a da AstraZeneca foram tão eficazes em indivíduos com mais de 75 anos e/ou em pessoas com problemas de saúde latentes, quanto em pessoas mais novas e/ou mais saudáveis.

Ainda segundo o estudo, 21 dias após a primeira dose das duas vacinas, as taxas de infectados com sintomas da covid-19 caiu 72%, enquanto a de pacientes assintomático teve uma retração de 57%. A investigação foi mais além: uma segunda dose da Pfizer pode proteger até 90% contra a infecção pelo vírus.

A aplicação das duas doses com a vacina da Pfizer aumentou mais a proteção, reduzindo as infecções sintomáticas em 90% e as assintomáticas em 70%. Essa análise não foi feita com pessoas que receberam as duas doses da AstraZeneca, já que ela foi aprovada mais tarde e ainda não é possível avaliar o impacto da segunda dose na imunização da população.




  • arrow