China quer focar 100% de sua indústria automobilística em carros elétricos | TechBreak - Tudo sobre Tecnologia

China quer focar 100% de sua indústria automobilística em carros elétricos

Com subsídios para fábricas locais, governo chinês que liderar segmento e reduzir poluição

Os carros elétricos já circulam com cada vez mais frequência em nossas ruas e é nítido que a indústria automobilística ruma cada vez mais em direção deste setor. Em matéria publicada na Bloomberg, Xin Guobin, Vice-Ministro da Indústria e Tecnologia da Informação da China, reforçou essa intenção no país, mas de forma ainda mais efusiva. Eles querem dar um prazo para todas as fabricantes e montadoras em território chinês para que encerrem a produção de veículos movidos à combustível fóssil e façam a mudança para carros elétricos.

Leia mais:
+ Facebook quer gastar até R$ 3 bi para produzir programas originais
+ Coreia do Norte: veja quais aviões EUA e Japão usam para vigiar região
+ WhatsApp anuncia que terá perfis verificados de empresas

Só no ano passado, a China vendeu 28 milhões de automóveis e agora quer se transformar no maior mercado de veículos elétricos. O primeiro passo seria com duas companhias: BYD Co. e BAIC Motor Corp., que produzem componentes para diversas marcas, algumas conhecidas no Brasil, como Lifan, Chery e JAC.

Outras grandes marcas globais do segmento, como Tesla, Nissan e General Motors, também tentam pegar uma fatia dos consumidores chineses, mas são estas companhias locais que têm ganhado força graças aos generosos subsídios dados pelo governo.

Além de liderar este mercado em crescimento, a China tem outros interesses envolvidos nesta jogada, como reduzir suas emissões de carbono, já que o país constantemente enfrenta ondas preocupantes de poluição em sua atmosfera.

Liu Zhijia, da Chery Automobile Co., ainda de acordo com a Bloomberg, afirmou que este deadline poderia ser estabelecido até 2040, dando um tempo para os fabricantes se adaptarem, assim como os serviços de manutenção e até implementação de pontos de carga sejam estabelecidos. “Isso dará tempo suficiente para todos se adaptarem”, afirmou.

Nos primeiros sete meses do ano, a BYD entregou 46.855 veículos híbridos, de acordo com a China Passenger Car Association, contra 36.084 da Baic. A Honda também já se mostrou interessada em lançar um modelo elétrico no mercado chinês em 2018, assim com o a Nissan.
Curta nossa página no Facebook

Veja também:

+ Previsões de Nostradamus para 2021: Asteróide e ‘fim de todo o mundo’
+ Cientista desvenda mistério do monstro do Lago Ness. Descubra!
+ CPTM atualiza mapa das linhas da CPTM e Metrô
+ Os 3 signos mais sensitivos do zodíaco
+ Bandeirantes contrata atriz de fimes adultos Maru Karv para o canal SexPrivé
+ De biquíni verde cavado Lívia Andrade arranca elogios da web ao tomar banho de sol
+ Irmã de Juliana Caetano exibe corpão e brinca com fãs: “O que te faz ver estrelas?”
+ Aos 68 anos, Bruna Lombardi posta foto de biquíni ‘contra sua vontade’
+ Marcella Rica e Vitória Strada vão se casar
+ Vídeos íntimos de Raissa Barbosa vazam em sites de conteúdo adulto
+ Carla Perez fala sobre vida nos EUA: “Aqui é vida normal”
+ Ellen Rocche posta foto de ensaio nu na ‘Playboy’ e ganha elogios dos fãs
+ O bico do seu p… é rosa? Juliana Caetano, responde a fã de maneira ousada
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ 10 coisas que os pais fazem em público que envergonham os filhos
+ Veja o significado dos 10 sonhos mais comuns
+ Denise Dias faz seguro do bumbum: “Meu patrimônio”
+ Líder de seita sexual apocalíptica é condenado a 1.075 anos de prisão
+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok
+ ‘Borboletas no estômago’ indicam algo além de estar apaixonado
+ 10 sinais de que seu parceiro não te ama (como você gosta dele)

Join the Discussion

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • arrow