Argentina teria fechado compra do caça sino-paquistanês JF-17 | TechBreak - Tudo sobre Tecnologia

Argentina teria fechado compra do caça sino-paquistanês JF-17

Nigéria incorpora aviões de caça feitos no Paquistão
Nigéria incorpora aviões de caça feitos no Paquistão
Argentina teria fechado compra do caça sino-paquistanês JF-17

O governo argentino teria fechado a compra do caça supersônico sino-paquistanês JF-17 Thunder para substituir os Mirage III desativados em 2015.

+ Airbus e Air New Zealand se unem para estudar aviões movidos a hidrogênio
+ Fortnite fecha parceria com a grife Balenciaga
+ Cibercriminosos trocam dark web pelo Telegram

A informação foi divulgada pelo perfil do Twitter AEROSINT Division PSF. A publicação anuncia que o acordo de US$ 664 milhões (cerca de R$ 3,5 bilhões) para a compra de 12 unidades do JF-17 Thunder Block III, sendo 10 da variação monoposto e dois da biposto. A proposta ainda depende da aprovação do congresso argentino.

Desenvolvido nos anos 2000 numa parceria entre a Pakistan Aeronautical Complex e a Chengdu Aircraft Corporation, o JF-17 é uma caça de geração 4+ e atinge a velocidade máxima de Mach 1,6.

Atualmente, além do Paquistão, operam a aeronave Myanmar e Nigéria. Desde a Guerra das Malvinas, em 1982, a Força Aérea Argentina tem dificuldades para adquirir novos armamentos, com a interferência do Reino Unido para evitar a venda ao país vizinho de equipamentos que levem componentes de origem britânica.




  • arrow