Amazon registra patente de drone que se autodestrói em caso de pane | TechBreak - Tudo sobre Tecnologia

Amazon registra patente de drone que se autodestrói em caso de pane


Já pensou se um drone inteiro cai na sua cabeça?

A Amazon foi uma das primeiras empresas a mostrar real interesse de usar drones em suas atividades e também já está pensando em medidas de segurança para o futuro. O que acontece com um drone caso ele sofra uma pane em pleno voo? Ele cai. Mas como não possui nenhum dispositivo de segurança para ser controlado remotamente em um caso como este, a empresa registrou patente de um dispositivo para fazer com o que o aparelho se autodestrua ainda no ar para que suas peças sejam fragmentadas e caiam separadamente. Isso diminuiria o risco de alguém ser atingido por um objeto maior.

Leia mais:
+ Instagram Stories: 5 dicas “secretas” pra gravar seus vídeos
Por água, bilionário russo quer chegar em lua de Saturno antes da Nasa
Força Aérea dos EUA pode ter armas a laser em caças em 2021

No registro feito pela empresa, há uma explicação de como esse dispositivo seria ativado em caso de danos graves ao drone, como uma explosão da bateria ou perda de uma hélice.

Há quem ache contraditório destruir um drone em pleno voo por medidas de segurança, mas faz todo sentido quando pensamos que é melhor que ele atinja o chão em pequenas partes do que como uma massa de plástico e componentes eletrônicos.

É claro que a patente não indica que esta funcionalidade de fato estará nos drones da Amazon, mas o seu registro indica claramente que este é um dos caminhos que a empresa tem investido no desenvolvimento dos aparelhos.
Curta nossa página no Facebook

  • arrow