Honda trabalha em robô para auxiliar equipes de resgate

E2-DR mostra força e flexibilidade; assista ao vídeo

Seja um furacão, terremoto ou tsunami, os desastres naturais exigem cada vez mais soluções tecnológicas para preservar vidas e auxiliar no resgate de sobreviventes. A Honda mostrou um protótipo de um robô chamado E2-DR, feito especialmente para se adaptar em condições extremas e enfrentar obstáculos difíceis para humanos.

Leia mais:
+ Cobertor controlado pelo celular promete temperatura ideal dividida para casais
Golpe no WhatsApp usando nome de O Boticário afeta 250 mil
Força Aérea dos EUA faz teste com avião brasileiro em combate

A demonstração aconteceu na International Conference on Intelligent Robots and Systems, realizada no Canadá, e mostrou como o E2-DR é forte e desenvolto em diversos cenários. Ele pesa 85kg e tem uma bateria de 1000-Wh de lithion-ion, o que lhe permite trabalhar por 90 minutos.

 

 A flexibilidade do robô é garantida por seus 33 eixos distribuídos por toda a estrutura, sendo oito em cada braço, seis por perna, dois no torço, um em cada mão e mais um na cabeça.

Se o número de eixos não te impressionou, saiba que o E2-DR tem “cinco olhos”. São várias câmeras e sensores a laser ou infra-vermelho que enviam sinais combinados para auxiliar em sua locomoção.

Ele é resistente a água e a poeira e pode operar em temperaturas extremas, seja no calor ou frio. Seus sistemas internos são capazes de se limparem sozinhos, além de ter um mecanismo próprio para se levantar em caso de uma queda.


Curta nossa página no Facebook

arrow