Google teria oferecido US$ 30 bilhões para comprar Snapchat

O Snapchat foi a grande sensação das redes sociais até que Mark Zuckerberg colocar stories em TODOS os seus aplicativos, lembra? Tanto que Alex Heath, da Business Insider, afirmou em um artigo que, em 2016, o Google chegou a tentar comprar o aplicativo. O preço? US$ 30 bilhões (cerca de R$ 93 bilhões).

Curta nossa página no Facebook

Ainda segundo a matéria, esta oferta era sabida por todas dentro do Snapchat, mas seu CEO, Evan Spiegel, não demonstrou nenhum interesse em se desfazer de sua ferramenta na ocasião.

Enquanto o Google preferiu não se posicionar sobre o assunto no artigo da Business Insider, representantes do Snapchat disseram ao site TechCrunch que esses “rumores são falsos”. De qualquer forma, os boatos fizeram com que o interesse no app crescessem e seu valor crescesse 2,3%.

Evan Spiegel, CEO do Snapchat, teria recusado US$ 30 bilhões pelo app

Na época, em maio de 2016, em que esta suposta oferta foi realizada, a estratégia do Snapchat era aumentar sua captação de recursos em vez de simplesmente ser adquirido por alguma companhia gigante, principalmente pelo interesse comercial crescente na ferramenta. No entanto, com o lançamento do Stories do Instagram em agosto, a publicidade e o interesse no app acabaram se dividindo.

Leia mais:
Surfista Gabriel Medina ganha game gratuito de Android
Cartucho lacrado de Super Mario Bros é vendido por US$ 30 mil
Melhor pai do mundo constrói Mech da D.Va, de Overwatch, para cosplay da filha

A união de Snapchat e Google seria uma soma de força interessante, já que há tempos o gigante das buscas na internet tem encarado uma série de fracassos no campo das redes sociais: Google+, Buzz e Wave. Um investimento da empresa poderia revitalizar o Snapchat para brigar com o Stories do Instagram com mais fôlego financeiro.

De acordo com especialistas da área, Spiegel seria muito relutante em aceitar ideias externas, tendo total controle de seu app ao lado do co-fundador Bobby Murphy.


arrow