Força Aérea dos EUA usará avião brasileiro em combate

O A-29, da Embraer, pode ser somado ao esquadrão dos Estados Unidos

A Força Aérea dos Estados Unidos está pesquisando o uso de aeronaves leves para combates. De acordo com o site Aviation Week & Space Technology, são dois modelos preferidos até agora que disputam a atenção dos oficiais norte-americanos, que criaram o programa OA-X (observer-attack experimental) para avaliar dois aviões: o brasileiro Embraer/Sierra Nevada A-29 Super Tucano e Textron AT-6.

Leia mais:
+ Força Aérea dos EUA promete teste com arma laser em 2018
Coreia do Norte: veja quais aviões EUA e Japão usam para vigiar região
Caça dos EUA decola de porta-aviões com “catapulta eletromagnética”; assista

O site aponta que o objetivo do programa OA-X é observar o comportamento das duas aeronaves em combate em algum lugar ainda não escolhido. Serão montados dois esquadrões e vários pilotos e mecânicos para efetuar testes.

O A-29 usado pela Força Aérea dos EUA . (Foto: Força Aérea dos EUA/Divulgação)
O A-29 usado pela Força Aérea dos EUA . (Foto: Força Aérea dos EUA/Divulgação)

O testes devem escolher qual avião se encaixará melhor no objetivo da Força Aérea, que é ter uma aeronave de reconhecimento, mas com opção de ataque a elementos terrestres.

Esta é provavelmente a primeira vez que a Força Aérea dos Estados Unidos envia um modelo de avião a combate antes mesmo de o adotar em seu esquadrão. Tecnicamente, as aeronaves que participarão do teste ainda pertecem à Embraer e Textron.
Curta nossa página no Facebook

Publicidade
  • arrow