EUA mostram melhoria em sua maior bomba não-nuclear

A GBU-57 é mais pesada que um caça F-35

Imagine o poder de uma bomba mais pesada que um caça F-35. Esta é a GBU-57, a bomba não-nuclear mais poderosa das Forças Armadas dos Estados Unidos.

Leia mais:
+ Instagram Stories: 5 dicas “secretas” pra gravar seus vídeos
Avril Lavigne é a artista mais perigosa para se buscar na internet; entenda
+ Jogos de Android estariam usando microfone para descobrir o que você vê na TV

Com o peso de 30.000 libras – cerca de 13.000 kg  -, ela foi criada com o intuito de ultrapassar estruturas de concreto de até 60 metros para destruir construções e poder atingir instalações subterrâneas, como bunkers.

Não por acaso, países com Irã e Coreia de Norte têm instalações subterrâneas onde supostamente há o desenvolvimento de armas nucleares, e estes seriam os alvos desta poderosa bomba.

Conhecida como MOP (Massive Ordnance Penetrator), ela é carregada por um bombardeiro B-2 Spirit, que pode carregar até duas unidades da GBU-57 ao mesmo tempo. Ao ser solta da aeronave, a bomba é teleguiada por navegação controlada por GPS.

De acordo com comunicado da Força Aérea dos Estados Unidos, seu último pacote de atualizações fez com que ela se tornasse mais eficiente com alvos debaixo da terra. Sua capacidade de explosivos foi aumentada justamente para aumentar o dano assim que atingir seu impacto subterrâneo.
Curta nossa página no Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
  • arrow