Eclipse solar derrubou audiência da Netflix em 10% nos EUA

“Boa jogada, lua”

Boa parte dos Estados Unidos parou nessa última segunda-feira (21) para acompanhar o eclipse solar total. A última vez que viram um fenômeno deste tipo foi em 1979, o que causou grande comoção popular e uma cobertura densa da mídia com direito à uma transmissão da Nasa. Mas se as pessoas deixaram suas casas para ver a lua encobrir totalmente o sol, quer dizer elas interromperam suas outras atividades. Quem “reclamou”, em forma de brincadeira, foi a Netflix.

Curta nossa página no Facebook

Sempre ativa nas redes sociais, a Netflix usou conta dos Estados Unidos para dar uma “alfinetada”. “Fico imaginando por que 10% de vocês preferiram ver uma pedra gigante cobrir uma bola gigante de gás enquanto EU SEMPRE ESTIVE AQUI POR VOCÊS”, tuitou a conta oficial.

“Mas falando sério, tivemos uma queda de 10% de visualizações durante o eclipse. Boa jogada, lua”, escreveu.

Agora já preparada para estas quedas durante fenômenos naturais, a rede de streaming pode se programar: o próximo eclipse solar que poderá ser visto nos EUA será em abril de 2024.

Se você se prepara para um eclipse total no Brasil, é bom esperar sentado. O próximo a ser visto no País está marcado para 12 de agosto de 2045. Até lá, teremos apenas eclipses anulares e parciais.
Leia mais:
Motorola registra patente de tela de celular que conserta trincos sozinha
Uso de um certo emoji pode ter efeito negativo no trabalho; saiba qual é
+ Game of Thrones: série faz HBO quebrar recorde de lucro em app

arrow