Bug sobre o fim do mundo do Google Tradutor | TechBreak - Tudo sobre Tecnologia

Bug sobre o fim do mundo do Google Tradutor

O Google Tradutor tem melhorado muito desde o seu lançamento. Contudo, de vez em quando, aparecem problemas relacionados a traduções na plataforma. O mais recente tem deixado algumas pessoas com cabelo em pé.

Acontece que alguns usuários perceberam que se você selecionar a linguagem Maori e escrever a palavra “dog” (cão em inglês) 16 vezes, o programa traduz dessa maneira (texto em inglês):

“Relógio do Apocalipse é de três minutos às doze Estamos experimentando personagens e uma evolução dramática no mundo”.

Caso ainda se adicione mais uma vez a palavra “dog”, aparece mais uma frase:

goolge translate
Print goolge translate

“Relógio do Apocalipse é de três minutos às doze Estamos experimentando personagens e uma evolução dramática no mundo,o que indica que estamos nos aproximando do fim dos tempos e do retorno de Jesus”..

Por fim, com um último “dog”, a mensagem se modifica mais uma vez trocando a palavra “evolução” por “desenvolvimento”:

“Relógio do Apocalipse é de três minutos às doze Estamos experimentando personagens e um desenvolvimento dramático no mundo, o que indica que estamos cada vez mais perto do fim dos tempos e do retorno de Jesus”.

Embora este bug tenha sido reparado por um usuário no Reddit no ano passado, a questão foi trazida à tona pelo site Motherboard. Segundo o site, o que pode ter acontecido é que parte do treinamento de machine learning da plataforma é geralmente feito com base em textos religiosos. Junto disso, ainda, o aprendizado é feito com um sistema de linguagem neural, que não só leva em conta a palavra isolada, mas parte de sua sintaxe. É possível também que as mensagens sinistras resultem de funcionários descontentes do Google, por exemplo, ou que usuários maliciosos abusem do botão “Sugerir uma edição”, que aceita sugestões para melhores traduções de um determinado texto.

Desta forma, a conjunção de várias palavras iguais em sequência pode ter causado uma disfunção de reconhecimento das palavras naquela sentença e o programa simplesmente acaba por entregar uma passagem de seu banco de dados.

O mesmo parece acontecer com várias outras palavras repetidas em sequência, como a palavra “prophecy” digitada 16 vezes.

Apesar de assustador, não há nenhuma indicação de que este programa esteja agindo de forma sobrenatural ou ao comando de alguma entidade, sendo que isto é apenas um bug curioso na programação do Google Tradutor, ou uma brincadeira de algum programador entediado,

Publicidade
Publicidade
Publicidade
  • arrow